Category: Técnicas Radiográficas

Padronização do Estudo Radiográfico da Cintura Escapular

Padronização do Estudo Radiográfico da Cintura Escapular

Autores: Pedro Doneux S.; Sérgio L. Checchia; Alberto N. Miyazaki.

As corretas incidências radiográficas para o diagnóstico e tratamento das várias afecções da cintura escapular são, algumas vezes, difíceis de serem obtidas ou interpretadas. Este trabalho tem por objetivo divulgar, não só entre os ortopedistas, mas também junto aos técnicos e especialistas em radiologia, a padronização destas radiografias, baseadas na experiência da literatura e do Grupo de Ombro do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

DONEUX, Pedro; CHECCHIA, Sérgio L.; MIYAZAKI, Alberto N. Padronização do Estudo Radiográfico da Cintura Escapular. Revista Brasileira de Ortopedia, São Paulo, v. 33, n. 11, p. 883-888.
(Tamanho: 118 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

Escanometria dos Membros Inferiores: Revisitando Dr. Juan Farril

 

Escanometria dos Membros Inferiores - Revisitando Dr. Juan Farril

Autores: Henrique Zambenedetti Werlang; Gabriel Antônio de Oliveira; Ana Maria Tamelini; Ben Hur Madalosso; Francisco da Silva Maciel Júnior.

A escanometria pelo “método de Farill” é exame rotineiro na maioria dos serviços radiológicos. Ela permanece, há mais de meio século, como um método amplamente utilizado para diagnóstico da diferença entre os membros inferiores e seu respectivo tratamento pelos especialistas de diversas áreas. Contudo, detalhes na técnica do exame e na avaliação das medidas costumam ser ignorados ou negligenciados, comprometendo o resultado final. Este trabalho tem por objetivo divulgar os detalhes preconizados pelo autor, restaurando a precisão do método, bem como discuti-lo em relação aos demais métodos.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

WERLANG, Henrique Zambenedetti. et. al. Escanometria dos Membros Inferiores: Revisitando Dr. Juan Farril. Radiologia Brasileira, São Paulo, v. 40, n. 2, p. 137-141, mar./ abr. 2007.
(Tamanho: 200 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

Análise Comparativa entre Incidências Radiográficas para a Osteoartrose do Joelho (AP Bipodal versus AP Monopodal)

Análise Comparativa entre Incidências Radiográficas para a Osteoartrose do Joelho (AP Bipodal versus AP Monopodal)

Autores: Rodrigo Pires e Albuquerque; Cristina Barbosa; Dafne Melquíades; Hilton Koch; João Maurício Barretto; Alexandre Albino; Waldeck Duarte Júnior.

Objetivo: Fazer uma análise comparativa com a aplicação dos critérios da classificação original de Ahlbäck na incidência ântero-posterior (AP) bipodal do joelho em extensão e na incidência ântero-posterior (AP) monopodal do joelho, em joelhos artrósicos sintomáticos. Com esta análise pretendemos observar a concordância, diferença ou as vantagens eventuais entre as incidências e o grau de comprometimento articular entre os médicos ortopedistas e radiologistas com o médico de referência. Métodos: De janeiro de 2012 a março de 2012, foi feito um estudo prospectivo, de 60 joelhos artrósicos sintomáticos (60 pacientes), selecionados clinicamente no ambulatório do grupo de joelho e submetidos às incidências radiográficas propostas na pesquisa. Dos 60 pacientes, 39 eram do sexo feminino e 21 do masculino, com média de 64 anos (variando de 50 a 84). Dos 60 joelhos avaliados, 37 correspondiam ao lado direito e 23 ao esquerdo. A análise foi feita pela estatística de Kappa, que avalia a concordância interobservadores de dados de natureza qualitativa. Resultados: Segundo a escala de Ahlbäck, houve uma concordância significativa (p < 0,0001) intraobservador na classificação da osteoartrose do joelho entre os cinco avaliadores. Houve uma concordância significativa (p < 0,0001) interobservador com médico de referência na incidência em AP monopodal e AP bipodal para os quatro avaliadores. Conclusão: O estudo não observou diferença entre a incidência em AP bipodal versus o AP monopodal na osteoartrose do joelho.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

PIRES E ALBUQUERQUE, Rodrigo; et al. Análise Comparativa entre Incidências Radiográficas para a Osteoartrose do Joelho (AP Bipodal versus AP Monopodal). Revista Brasileira de Ortopedia, São Paulo, v. 48, n. 4, p. 330-335, jul./ ago. 2013.

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte: