Comparação entre os Resultados da Implementação dos Critérios de Qualidade da Imagem Radiográfica de Mamógrafos Convencional e Digital

Comparação entre os Resultados da Implementação dos Critérios de Qualidade da Imagem Radiográfica

Autores: Alcântara, M. C.; Furquim, T. A. C.; Caldas, L. V. E.; Sordi, G. M. A. A.

Para visualizar a apresentação completa acesse:

ALCÂNTARA, M. C. et. al. Comparação entre os Resultados da Implementação dos Critérios de Qualidade da Imagem Radiográfica de Mamógrafos Convencional e Digital. In: JORNADA PAULISTA DE RADIOLOGIA. 38. 2008., São Paulo. 17 slides: color.

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

A Tecnóloga em Radiologia e a Paciente de Mamografia

A Tecnóloga em Radiologia e a Paciente de Mamografia

Autora: Simone Aparecida Fernandes de Andrade.

O câncer de mama é o tumor maligno mais comum entre as mulheres. O número de casos de mulheres acometidas pelo câncer de mama tem aumentado cada vez mais a cada ano. A mamografia é o exame mais utilizado na detecção precoce dessa doença.  O presente trabalho tem como objetivo relatar sobre a importância do exame de mamografia.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

ANDRADE, Simone Aparecida Fernandes de. A Tecnóloga em Radiologia e a Paciente de Mamografia. Revista UNILUS Ensino e Pesquisa, Santos, v. 12, n. 28, p. 21-24, jul./ set. 2015.
(Tamanho: 55,5 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

Licença Creative Commons - by
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.

Rastreamento Mamográfico do Câncer de Mama no Sul do Brasil e Fatores Associados: Estudo de Base Populacional

 

Rastreamento Mamográfico do Câncer de Mama no Sul do Brasil e Fatores Associados

Autores: Ione Jayce Ceola Schneider; Marui Weber Corseuil Giehl; Antonio Fernando Boing; Eleonora d’Orsi.

O objetivo foi identificar os fatores associados à realização anual de mamografia em mulheres de 40 a 69 anos residentes em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Os dados foram obtidos em dois inquéritos populacionais, um com adultas e outro com idosas, em 2009-2010. Foi estimada a prevalência de realização anual de mamografia e se empregou regressão univariada e multivariada de Poisson para identificar os fatores associados. Participaram do estudo 447 adultas e 510 idosas. A prevalência de realização anual entre adultas foi 43,5% (IC95%: 38,8-48,2), e possuir plano de saúde privado aumentou esta prevalência. Para as idosas, 38,3% (IC 95%: 34,0-42,6) realizaram mamografia anual e os fatores associados foram ter companheiro, mais de cinco anos de estudo e pertencer ao quartil de renda mais alto. A utilização do exame de mamografia deve ser independente de qualquer condicionante social, em qualquer faixa etária, promovendo assim redução da mortalidade por câncer de mama.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

SCHNEIDER, Ione Jayce Ceola. et. al. Rastreamento Mamográfico do Câncer de Mama no Sul do Brasil e Fatores Associados: Estudo de Base Populacional. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 30, n. 9, p. 1987-1997, set. 2014.
(Tamanho: 104 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

by-nc
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Estudo Experimental da Otimização em Sistemas de Mamografia Digital CR e DR

Estudo Experimental da Otimização em Sistemas de Mamografia Digital CR e DR

Autora: Alessandra Maia Marques Martinez Perez.

A recente inserção e forte avanço da mamografia digital no Brasil como ferramenta de rastreamento do câncer mamário e as evidências de outras condições de otimização, quando comparadas à mamografia convencional (tela-filme), requerem que novos parâmetros de qualidade sejam incluídos e estudados, bem como que as condições de otimização sejam revistas. O objetivo deste trabalho foi determinar a técnica radiográfica otimizada para dois sistemas de detecção (CR e DR) em uso em três unidades de mamografia: Mammomat 3000 Nova (Siemens), Senographe DMR (GE) e Senographe 2000D (GE). A otimização foi conduzida para uma variedade de combinações de fatores técnicos e configurações de simuladores de mama, tais como valores de kilovoltagem (26 a 32 kV), combinações anodo/filtro (Mo/Mo, Mo/Rh e Rh/Rh), material simulador de mama de várias espessuras (2 a 8 cm) e lesões simuladas como massas e calcificações, usando uma figura de mérito (FOM) como parâmetro. Verificou-se que o uso da combinação anodo/filtro que gera os espectros mais energéticos em cada equipamento proporcionou os maiores valores de FOM para todas as espessuras de simulador de mama e voltagens, devido a redução da dose. As combinações anodo/filtro que deram esses resultados foram Mo/Rh para o equipamento da marca Siemens e Rh/Rh para ambos os equipamentos da marca GE, correspondentes aos espectros mais energéticos de cada unidade. Foi observada ainda uma tendência de aumento do kV que maximiza FOM com o aumento da espessura.

Para baixar a dissertação completa acesse:

PEREZ, Alessandra Maia Marques Martinez. Estudo Experimental da Otimização em Sistemas de Mamografia Digital CR e DR. 2014. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciências – Física Aplicada a Medicina e Biologia) – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2014.
(Tamanho: 1,32 MB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

by-nc
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Elementos Limitadores ao Rastreamento do Câncer de Mama pela Mamografia: Revisão Comparativa de Estudos Realizados na Linha de Pesquisa “Bases para um Programa de Detecção Precoce do Câncer de Mama”

Elementos Limitadores ao Rastreamento do Câner de Mama pela Mamografia

Autores: Eduardo Rodrigues Godinho; Hilton Augusto Koch.

A detecção precoce do câncer de mama é a forma mais eficaz de se produzir redução da mortalidade por esta neoplasia. A mamografia é o melhor teste disponível, atualmente para cumprir este papel. Apesar disso, o Brasil não possui um programa oficial de rastreamento de câncer mamário. A Universidade Federal do Rio de Janeiro criou uma linha de pesquisa para gerar, acumular e ordenar as informações necessárias para a elaboração e implantação de um programa nacional de detecção precoce do câncer de mama. Este trabalho identifica variáveis comuns, dentro da linha de pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que apontam os fatores limitadores ao rastreamento do câncer de mama. Três pesquisas mostram os seguintes aspectos comuns: 1 – os médicos parecem representar o principal elemento limitador ao rastreamento do câncer de mama; 2 – as mulheres, quando adequadamente orientadas, parecem não exibir resistência à realização da mamografia; 3 – o médico parece constituir o elemento fundamental para o sucesso de um programa de detecção precoce do câncer de mama; 4 – as mulheres têm chegado tardiamente para a realização da primeira mamografia.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

GODINHO, Eduardo Rodrigues; KOCH, Hilton Augusto. Elementos Limitadores ao Rastreamento do Câncer de Mama pela Mamografia: Revisão Comparativa de Estudos Realizados na Linha de Pesquisa “Bases para um Programa de Detecção Precoce do Câncer de Mama”. Revista da Imagem, São Paulo, v. 24, n. 4, p. 235-238, 2002.
(Tamanho: 186 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Image Processing Techniques to Evaluate Mammography Screening Quality

Image Processing Techniques to Evaluate Mammography Screening Quality

Autores: Clara Quintana; Germán Tirao; Mauro Valente.

Mammography imaging has proved to be the best noninvasive method for breast cancer diagnosis, but it requires that irradiation parameters are set within Protocols recommendations (minimal dose delivering). This work presents an investigation on mammography image formation by means of validated Monte Carlo simulations along with further image analysis and mathematical processing. Several image processing methods have been suitably introduced and investigated according to their capability for micro-calcification detection and quality evaluation. The obtained results suggest the feasibility of all the proposed methods. Furthermore, it was possible to characterize the reliability of each and to infer the corresponding advantages or disadvantages, obtaining an image quality evaluation as a function of several parameters configurations.

Em português: Técnicas de Processamento de Imagem para Avaliar a Qualidade de Exames de Mamografia

A imagem por mamografia é comprovadamente o melhor método não-invasivo para o diagnóstico do câncer de mama, mas requer que os parâmetros de irradiação sejam estabelecidos de acordo com as recomendações de protocolos (dose mínima). Este trabalho apresenta uma investigação completa sobre a formação da imagem pela mamografia por meio de simulações Monte Carlo validadas juntamente com uma análise da imagem e o processamento matemático. Diversos métodos de processamento da imagem foram apropriadamente introduzidos e investigados de acordo com a capacidade deles em detectar microcalcificações e avaliar a qualidade. Os resultados obtidos sugerem a facilidade de todos os métodos propostos. Além disso, foi possível caracterizar a confiabilidade de cada método e deduzir as vantagens ou desvantagens correspondentes, obtendo uma avaliação de qualidade da imagem como uma função de várias configurações dos parâmetros.

Para visualizar e baixar o artigo completo acesse:

QUINTANA, Clara; TIRAO, Gérman; VALENTE, Mauro. Image Processing Techniques to Evaluate Mammography Screening Quality. Revista Brasileira de Física Médica, Florianópolis, v. 5, n. 1, p. 47-52, abr. 2011.
(Tamanho: 1,71 MB)

Artigos relacionados:

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Otimização de Imagens de Mamografia Computadorizada

Otimização de Imagens de Mamografia Computadorizada

Autor: Matheus Alvarez.

O propósito deste trabalho é apresentar uma metodologia de análise computacional de radiografias do fantoma de acreditação mamográfico (FAM) do Colégio Americano de Radiologia (CAR) a ser utilizado em serviços de mamografia. Processamentos via transformada discreta de wavelet (TDW) são usados de maneira a realçar o contraste dos objetos teste a serem analisados, possibilitando condições automáticas da avaliação do desempenho de sistemas mamográficos. Os algoritmos desenvolvidos localizam a região do fantoma na radiografia de maneira totalmente automatizada, onde são aplicados processamentos via TDW, que realçam características geométricas e morfológicas do fantoma. Cada região da imagem é submetida a testes de reconhecimento de detalhes estruturais, visando a minimização de detecção de falsos positivos. Em seguida, parâmetros morfológicos e geométricos das imagens processadas são utilizados na quantificação do nível de qualidade final da imagem. Também foram investigados as possibilidades de otimizar a dose utilizada na obtenção de mamografias e o potencial de otimização dos algoritmos desenvolvidos. A análise das tabelas de contingência revelou uma associação significativa (p < 0.001) para as avaliações de massas, fibras e microcalcificações, revelando um grau de concordância satisfatório entre algoritmos e radiologistas. As médias das diferenças para simuladores de massas, fibras e microcalcificações obtidas foram, respectivamente, -0,11±0,86, -0,01±0,82 e 0,14±0,88. Foi avaliado o potencial de diminuição de dose na obtenção da mamografia de uma mama padrão e um potencial de redução de dose de aproximadamente 50% da dose utilizada atualmente foi encontrado. A metodologia desenvolvida e validada pode ser utilizada na detecção de pequenas variações da radiografia do fantoma de acreditação mamográfico. Os algoritmos trabalham independentemente do observador e servem para a automatização, tanto do teste de qualidade da imagem como em qualquer aplicação onde este teste é utilizado, por exemplo, na otimização da relação dose/ benefício de sistemas mamográficos.

Para visualizar e baixar a dissertação completa acesse:

ALVAREZ, Matheus. Otimização de Imagens de Mamografia Computadorizada. Botucatu, 2012. Dissertação (Mestrado em Biologia Geral e Aplicada – Biologia de Processos e Sistemas) – Instituto de  Biociências, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu, 2012.
(Tamanho: 415 KB)

Artigos relacionados:

Artigos da mesma fonte:

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição 4.0 Internacional.